Comentários

Durante entrevista ao site da Variety, Zoë Kravitz admitiu que a pressão da franquia do Batman é “assustadora”. A atriz se mostrou surpresa com a recepção dos fãs após ser anunciada como Mulher-Gato, mas afirmou que não se sente intimidada, e pretende colocar sua própria marca no papel.

“Fiquei muito empolgada quando consegui o papel, e nesse momento geralmente as pessoas próximas de você também ficam muito felizes, como seus pais, seu empresário, seus amigos, mas para por aí. Quando chegou o anúncio oficial, recebi mais mensagens e ligações do que no meu aniversário ou até mesmo meu casamento. De repente, pude perceber que era algo que significava muito não apenas para mim e pessoas próximas, como também para quase todo mundo, culturalmente falando. Os fãs desse universo são muito dedicados e opinativos.”

Declarou.

“Foi um pouco assustador, mas quando tenho esse sentimento, sinto que posso fazer algo ainda melhor. O medo é uma coisa boa, acho bem-vindo. Se pensar demais naquilo que as pessoas querem que você faça, é um desserviço. Você estará colocando sua energia no lugar errado. Obviamente quero honrar os fãs, e espero que eles gostem do que vou fazer, mas para isso acontecer, preciso me conectar emocionalmente com a personagem e esquecer tudo aquilo que o resto do mundo está dizendo.”

A produção está em andamento no Reino Unido.

The Batman chega aos cinemas em 25 de junho de 2021, com direção de Matt Reeves (Planeta dos Macacos: O Confronto, Cloverfield: Monstro).

No elenco, temos Robert Pattinson (Bom Comportamento) como Batman, Andy Serkis (Planeta dos Macacos: A Guerra) como Alfred, Jeffrey Wright (Westworld) como Comissário Gordon, Paul Dano (Sangue Negro) como Charada, Zoë Kravitz  (Big Little Lies) como Mulher-Gato, e John Turturro (The Night Of) como Carmine Falcone.



Comentários