Comentários

Nos extras do bluray de Coringa, o diretor Todd Phillips explicou com Joaquin Phoenix recusou ter o acompanhamento de um nutricionista, decidido a utilizar o seu próprio método de perder peso. E mais do que isso: em um período assustadoramente curto de apenas alguns meses.

“Já era junho e ele não havia perdido peso, e começaríamos a gravar em setembro. Ele estava com 80 quilos. Não estava gordo, mas estamos falando de chegar a 56 quilos. E ele me disse: ‘Entendi, entendi.’ E eu disse: ‘Você sabe que podemos contratar alguém. Conheço uma nutricionista.’ Mas ele negou: ‘Não, não. Não é assim que eu faço.’ Então eu perguntei: ‘E como você faz?’ E ele respondeu: ‘Eu simplesmente paro de comer, eu morro de fome.’ E ele comeu apenas um maçã por dia durante todo o verão.”

Por fim, o ator chegou no peso esperado, que chamou muita atenção juntamente com sua performance no filme.

Com orçamento estimado em US$ 55 milhões, Coringa se tornou a maior bilheteria para uma produção com classificação R em toda a história, superando a marca de US$ 1 bilhão.



Comentários