Comentários

God of War retornou aos consoles em 2018, 8 anos depois do lançamento de ‘God of War III‘. Kratos deixou a mitologia grega e avançou para o reino nórdico, onde passou um bom tempo vivendo uma vida pacata e isolada, até que a história do jogo começa.

Mas como chegamos ali? Qual o caminho entre o Monte Olimpo e os 9 reinos? Quanto sangue foi derramado até lá? É isto que este artigo busca explicar.

Antes de God of War

Como vimos em outras mídias, os espartanos são treinados desde crianças para se tornarem verdadeiras máquinas de guerra. Com Kratos não foi diferente. Ele também tinha um irmão, chamado Deimos, que seria praticamente igual a ele em habilidade, mas que acabou sendo levado por Ares e Athena, como revelado no jogo de PSP, Ghost of Sparta. Em sua homenagem, Kratos se cobriu de tatuagens vermelhas, relembrando as marcas de nascença de seu irmão.

Anos depois, Kratos é promovido a líder e se casa com Lysandra, resultando no nascimento de Calliope. Entretanto, ela nasceu com uma doença e a lei espartana obriga que as crianças doentes sejam sacrificadas. Mas Kratos decide ir atrás da Ambrosia de Asclepius, capaz de curar todas as feridas e doenças. Porém, o que ele não sabia é que ele não era o único em busca dela, encontrando vários campeões na mesma aventura, dentre eles, o bárbaro Alrik. Depois de derrotar todos os rivais, Kratos consegue salvar sua filha do sacrifício. Sua reputação cresce e ele se torna Capitão, mas Hades tem outros planos.

No primeiro jogo de God of War, é revelado que Hades enviou o bárbaro Alrik contra o exército de Kratos. Alrik os vence facilmente, mas antes de vencer Kratos, o espartano chama Ares e pede poder para vencer seus inimigos, oferecendo sua própria vida. Assim, Ares envia as lendárias Lâminas do Caos, que são usadas para decapitar Alrik. A partir daí, Ares pede a Kratos para matar culpados e inocentes pela glória do deus da guerra e nisso, ele acaba destruindo uma vila que adora Athena. Depois de matar as pessoas da região, ele descobre que Ares armou uma cilada: dentre os habitantes da aldeia, estavam a mulher e a filha de Kratos. Sim, o guerreiro acabou matando sua própria família sem perceber. Acontece que Ares acreditava que seu guerreiro perfeito não deveria ter laços familiares, algo que poderia atrapalhar no futuro.

God of War: Ascension

Kratos está despedaçado após matar sua prória família e Ares não perdoa. O mortal fez um juramento de sangue com Ares e quebrar isto é algo que não é bem aceito, assim, Kratos é preso pelas Fúrias. Essas criaturas punem aqueles que se rebelam contra os deuses. Entretanto, como elas estão comprometidas com Ares, o plano para Kratos é bem diferente. O deus da guerra quer que Kratos se torne o soldado perfeito, a ideia é ajudá-lo a destruir os olimpianos e as Fúrias são partícipes da ideia. Entretanto, o filho de Ares (com as Fúrias), Orkos, trai seus pais, já que acredita que a sede por vingança atrapalha o julgamento do deus da guerra.

Enquanto isso, as Fúrias conseguiram apagar as memórias de Kratos, para que ele possa lutar novamente. Porém, Orkos aparece e conta para Kratos que ele deve se livrar das ilusões e deixar de servir a Ares. Agora, Kratos começa uma nova jornada e acaba matando cada uma das Fúrias. Ao chegar em Esparta, Orkos revela a Kratos que a única forma de se livrar do controle de Ares é se o próprio Orkos morrer. Acontece que Orkos é um Guardião do Juramento, logo, enquanto ele viver, o laço entre Kratos e Ares continuará existindo. Kratos recusa-se, mas acaba matando Orkos e o ato faz com que todas as suas memórias sejam recuperadas. Ao perceber o que Ares fez com sua família, Kratos se alia aos olimpianos, agora, em busca de vingança.

Você pode encontrar o jogo, com desconto, clicando aqui!

God of War: Chains of Olympus

Kratos agora trabalha para os deuses do Olimpo e isso o coloca em diversas missões. Uma delas o leva para Attica, onde ele deve lidar com um exército invasor da Pérsia. Ao chegar lá, Kratos testemunha o sol caindo do céu. O mundo é jogado em trevas, permitindo que Morpheus, o deus do sonho, coloque os olimpianos em sono profundo. Antes de cair no sono, Athena pede que Kratos salve o sol, Helios, para que os deuses possam acordar. Depois de chegar no templo do Sol, ele acorda os Corcéis de Fogo, que levam Kratos para seu mestre no Submundo. Kratos acaba chegando no palácio de Persephone, onde vê sua filha. Ele pede para a rainha dos mortos que permita levar Calliope, mas ela responde que ele precisa se despir de toda a maldade (e de seus poderes) para se encontrar com sua filha nos Campos Elíseos.

Assim, Kratos desiste de seu poder, mas Persephone revela que ela libertou o titã Atlas para capturar Helios, a ideia é usar o poder do deus para destruir o pilar do mundo, assim, os humanos e os deuses cairiam, um plano de vingança contra Hades e Zeus. Persephone se identifica com Kratos, mas ele percebe que até sua filha desapareceria no processo. A única maneira de impedir seria abraçar seus pecados novamente e recuperar seus poderes, mesmo sabendo que isso o impediria de ver sua filha mais uma vez. Ao menos, ela estaria bem no outro mundo. Ele a deixa para trás e derrota Persephone, acorrentando Atlas. Com Helios restaurado, Kratos cai do templo do sol, abraçando a morte. Porém, Helios e Athena o salvam.

God of War

Depois de 10 anos servindo os deuses, as coisas ficam mais complicadas quando as forças de Ares quase dizimam a frota de Kratos. Ele pergunta a Athena até quando ele precisará lutar, assim, ela dá uma última missão para Kratos: salvar a cidade de Atenas da destruição. A melhor parte é que ele terá que enfrentar Ares, algo que o coloca contra alguém que ele já buscava vingança. Com a bênção dos deuses, Kratos aprende a usar a Caixa de Pandora para vencer Ares. Ele viaja para um deserto e procura por Cronos, que guarda a caixa em um templo amarrado nas suas costas. Depois de enfrentar várias armadilhas e monstros, Kratos finalmente consegue o objeto.

Logo depois de deixar o templo, Ares consegue empalar Kratos, roubando a caixa. Porém, nem o submundo é capaz de segurar Kratos, que luta para voltar para Atenas. Ao retornar, ele surpreende Ares e abre a caixa de Pandora, o que faz com que Kratos se transforme em um gigante. Ele acaba com Ares e salva Atenas. Depois disso, Kratos busca a morte, mas Athena o impede: ela diz que é necessário ter um novo deus da guerra e Kratos, relutante, aceita a oferta.

Você pode encontrar o jogo, com desconto, clicando aqui!

Quadrinhos

Kratos descobre que os devotos de Ares estão buscando reviver o deus da guerra, eles pretendem usar a Ambrosia para isso. Como Kratos não destruiu a fonte, ele revive o caminho que percorreu para salvar sua filha anos atrás. Sua viagem faz com que ele reflita sobre sua vida, os amigos e a família que perdeu ao servir os deuses.

God of War: Ghost of Sparta

Kratos tem visões de sua mãe sendo mantida em cativeiro em Atlantis. Incapaz de entender isso completamente, ele vai para o reino de Poseidon e descobre por sua mãe que seu irmão, Deimos, é refém de Thanatos no Domínio dos Mortos. Isso faz com que Kratos volte para Esparta, no templo de Ares. Ele acha a chave que usou para acessar o reino no passado. Quando encontra seu irmão, Deimos quase o mata em um acesso de fúria, mas a chegada de Thanatos o impede. Kratos consegue salvar seu irmão e os dois trabalham juntos para vencer o deus da morte. Entretanto, a reunião dura pouco: Deimos acaba morrendo na batalha. Athena aparece e dá os plenos poderes de um deus para Kratos, mas ele a repudia e avisa que os olimpianos irão pagar por tudo que fizeram contra sua mãe e seu irmão.

God of War II

O ódio de Kratos pelos deuses faz com que ele lidere Esparta para conquistar toda a Grécia. Athena avisa que isso não será tolerado, mas Kratos avança e ataca a cidade de Rhodes. Durante o ataque, Zeus aparece e mata Kratos. Porém, enquanto Hades puxa Kratos para o Reino dos Mortos, os Titãs entram em contato com o guerreiro e o ajudam a escapar da morte. Gaia, a líder dos Titãs, explica que os Titãs são antecessores dos deuses e que foram mortos ou aprisionados por Zeus. Agora, Kratos se alia aos Titãs e busca as Irmãs do Tempo e Destino para voltar ao momento de sua morte e conquistar a Lâmina do Olimpo.

Ao encontrar as irmãs, Kratos volta ao momento em que Zeus o mata, pega a Espada do Olimpo e quase vence o rei dos deuses. Porém, Athena se sacrifica para salvar seu pai, revelando antes de morrer que Kratos é seu irmão. Mesmo sabendo que Zeus é seu pai, Kratos não desiste de sua vingança e viaja para o presente em busca de criar a guerra que irá acabar com todas as guerras.

Você pode encontrar o jogo, com desconto, clicando aqui!

God of War III

O jogo começa segundos depois do II terminar. Poseidon é o primeiro a atacar Kratos e cai. Isso faz com que a Grécia seja engolida pelo mar. Depois de subir o Monte Olimpo com Gaia, Zeus empurra Kratos com um raio. Com o foco em Zeus, Gaia permite que Kratos caia no submundo, durante o momento, Kratos promete vingança contra ela, afinal, ele foi usado, mais uma vez. Ele encontra o espírito de Athena, que se oferece para ajudar Kratos. Ela dá o poder suficiente para que ele passe por Hades, Helios, Hermes, Hercules, Hera e Cronos. Ao matar todos, a terra é coberta por trevas, doenças e os mortos caminham entre os vivos. Seu objetivo agora é recuperar a Caixa de Pandora para vencer Zeus.

Quando finalmente consegue ficar frente a frente com Zeus, Kratos o domina e abre a caixa de Pandora, porém, ela está vazia. Gaia retorna e a batalha começa entre os 3. Gaia é morta. Em um último esforço, Zeus tenta conquistar a mente de Kratos, amplificando sua dor e luto, mas o espírito de Pandora guia Kratos de volta à realidade, dando a chance de silenciar Zeus. Com o mundo despedaçado, Athena aparece para parabenizar Kratos, percebendo que estava errada sobre a Caixa de Pandora. Ela pensava que Kratos absorveu os males que estavam trancados lá para vencer Ares, mas, na verdade, os males consumiram os deuses, o que explica o comportamento deles e o motivo de suas mortes terem provocado coisas terríveis. Kratos, na verdade, absorveu o poder da esperança que Athena guardou na caixa. Com intuito de restaurar o mundo, Kratos decide empalar a si mesmo, para que a Esperança seja dada ao que restou da humanidade. Assim, Kratos deixa tudo em caos e morre desafiando os deuses até seu último suspiro… ao menos, é o que acreditávamos.

A versão remasterizada para PS4 pode ser encontrada, clicando aqui!

God of War (2018)

Kratos não está mais no Olimpo. Agora, ele vive em paz e recluso em Midgard, ao lado de seu filho, Atreus. Kratos teve a chance de recomeçar do zero com uma nova família, mas a sua segunda esposa acabou morrendo. Isso faz com que ele embarque em uma nova jornada, em busca de espalhar as cinzas de sua esposa no pico mais alto dos 9 reinos. Porém, a aventura não é fácil, já que ele enfrentará diversos desafios pelo caminho, inclusive, encontrando os deuses nórdicos e começando uma nova chacina divina. Entretanto, como o jogo é mais recente, não vamos dar spoilers da trama.

Você pode comprar o jogo, com desconto, clicando aqui!



Comentários