Comentários

Em dezembro de 2015, pouco tempo após sair da Konami, Hideo Kojima anunciou que estava montando o seu próprio estúdio, a Kojima Productions. O renomado desenvolvedor, criador da série Metal Gear, havia fechado um acordo com a Sony para o que viria a ser o exclusivo Death Stranding. Parece que tudo foi fácil, né? Mas não foi.

Em uma recente entrevista à Famitsu, Kojima falou sobre as dificuldades que enfrentou quando decidiu montar o seu próprio estúdio.

Faz três anos e nove meses que eu comecei sozinho. Naquela época, eu tinha 53 anos. Essa é uma idade onde as pessoas se aposentam, certo? Meus familiares também foram contra a ideia [de montar um novo estúdio]. Eu era um homem de meia idade com 53 anos, que não tinha dinheiro e nem nada, e apenas dizia que queria fazer esse jogo em mundo aberto.”

Segundo Kojima, ninguém acreditava que ele poderia fazer um bom jogo novamente.

“A razão para isso é que não houve até hoje um único designer de games mundialmente famoso que tenha obtido sucesso depois de se tornar independente.”

Montar o seu próprio estúdio foi uma jornada árdua, especialmente no Japão, que muitas vezes pode complicar coisas aparentemente fáceis.

“Mesmo quando fui ao banco, não podia pedir dinheiro emprestado. Eles me disseram: ‘Sabemos que você é uma pessoa de renome, mas você não tem nenhum resultado real’. Esse é o tipo de país que o Japão é.”

Pode ser bastante difícil conseguir um empréstimo no Japão, especialmente se você não estiver trabalhando para uma grande empresa. Kojima estava por conta própria nesse momento, portanto, financiar seu estúdio para conseguir um contrato de locação e contratar funcionários pode ter sido mais difícil do que você imagina.

“Mas então, havia um banqueiro no maior banco [no Japão] que era um grande fã meu, e eu recebi o financiamento.”

Para dar confiança às famílias da equipe que ele estava contratando, Kojima queria montar o estúdio em um prédio agradável. Dessa forma, pareceria que a empresa era bem-sucedida e os maridos e esposas de seus funcionários estariam menos inclinados a se preocupar. Mas, geralmente, sempre que ele encontrava um bom prédio, surgia a pergunta: “O que é a Kojima Productions?

No Japão, Kojima não é tão famoso quanto alguém como o diretor Hayao Miyazaki, então parece que muitos proprietários não estavam familiarizados com a iteração anterior do estúdio e seu trabalho. Mas ele mais uma vez teve a sorte de encontrar um fã e conseguiu mudar para o local atual do estúdio.

Mas mesmo com todas as adversidades que passou, Kojima não tem mágoas com a Konami, de onde saiu após alguns desentendimentos.

“A razão pela qual sou quem sou agora é por causa dos 30 anos que estive na Konami. Sou grato à Konami e não posso negar essa conexão.”



Comentários