Comentários
dragonball

Dragon Ball é uma franquia que está em várias mídias diferentes, incluindo o novo anime Dragon Ball Super e o recente jogo Dragon Ball Xenoverse 2 (que já temos review aqui no site). Embora Xenoverse 2 tenha incluído mais elementos de RPG em seu novo jogo, Dragon Ball Fusions procura colocar a série em uma direção mais tradicional, contando com uma batalha em turnos cheia de estratégia.

Uma grande diferença nesta nova geração de jogos de Dragon Ball é que eles estão conseguindo desenvolver uma boa história. Já elogiamos Xenoverse 2 por isso e Dragon Ball Fusions usa uma abordagem similar. Os personagens que você conhece e ama estão presentes, mas eles podem parecer um pouco diferentes do que você está acostumado. Todos os personagens possuem o mesmo design básico, mas agora eles estão na famosa forma “chibi”. As versões menores e mais condensadas dos personagens funcionam como uma vantagem para o hardware do 3DS e também dão um visual bem legal.

Assim como em Xenoverse 2, Dragon Ball Fusions começa com a criação do personagem que você usará durante todo o jogo. O jogo possui 5 raças (Saiyajin, Namek, Humano, Extraterrestre e de outro dimensão – tipo Majin Boo). As opções te dão a chance de criar praticamente um amálgama dos personagens que você já conhece.

A premissa de Dragon Ball Fusions conta com seu personagem e um NPC amigo, ambos procurando as esferas do Dragão para desejar o maior torneio de artes marciais de todos os tempos. Assim, nasce uma nova dimensão, onde você encontrará os maiores guerreiros de todas as eras e linhas temporais.

Uma coisa que vale dizer é que seu personagem voa neste novo mundo, é o principal meio de movimentação do jogo. Para voar, basta segurar R e seguir a direção que você deseja. Entretanto, não há como pousar em qualquer lugar, apenas em áreas específicas. Uma coisa que ajuda muito é a capacidade de usar portais para pular instantaneamente para áreas seguras.

Dragon Ball Fusions inclui um bom número de diferentes missões para você realizar no mapa. As missões misturam viagens, conversas com personagens novos ou conhecidos e, claro, lutas. Existem várias missões de lutas, mas existem várias lutas que você pode começar apenas ao voar pelo mapa.

Jogadores que estão acostumados com os games de batalha de Dragon Ball, terão um gosto diferente, visto que o jogo adota uma abordagem mais clássica com uso de batalhas em turno baseadas na velocidade dos personagens.

Dragon Ball Fusions traz diferentes classes de ataques, incluindo ataque corporal, rajadas de KI e técnicas especiais. Os ataques corporais são baseados em um sistema pedra-papel-tesoura, visto que cada personagem possui uma classe diferente: uma baseada em poder, outra em velocidade e a última em técnica. Cada classe possui uma vantagem em cima da outra. Após a escolha da ação física, você terá que bloquear uma das 4 direções possíveis, caso você acerte, você leva menos dano. Pode parecer chato, mas durante o jogo, a coisa fica bastante interessante.

As rajadas de Ki são mais tradicionais, você pode atacar um inimigo, vários inimigos ou uma área. Assim que a rajada é lançada, ela causa dano imediatamente. Entretanto, vale a pena pensar bem antes de lançar isso, pois a estratégia faz parte do jogo. Temos várias técnicas conhecidas do mangá e anime, incluindo o famoso Kamehameha.

Porém, a grande estrela do jogo é aquela que está no título. A fusão tem um papel bem importante aqui. E para desbloquear todas, você precisará recrutar vários personagens famosos da franquia. As fusões mais conhecidas, como o famoso Gotenks, estão todas no jogo. Mas Dragon Ball Fusions cria novas possibilidades e várias fusões inéditas.

Agora, podemos fazer fusões entre Majin Buu e Mr. Satan, Freeza e Cell, Goku e Goten… entre vários outros. Quanto mais você avança no jogo, mais personagens você será capaz de desbloquear. Você não terá experimentado o jogo todo até recrutar todos os personagens existentes e usar suas fusões, incluindo novas e poderosas formas.

Além disso, após vencer uma grande variedade de vilões e inimigos, após completar missões, você ganhará pontos de experiência, que garantirão mais níveis para os seus personagens. Também existem recompensas raras como novas técnicas, que você pode ensinar para seus personagens. Em Dragon Ball Fusions, você pode montar uma equipe de até 5 guerreiros e sair por aí em busca de mais batalhas. O jogo também oferece várias formas de customização de fusões e técnicas, deixando tudo para que você escolha de acordo com a sua estratégia. Vale dizer que, no Japão, já foram lançados DLCs que contam até com a presença de Goku Black. E uma boa notícia: todos foram gratuitos.

Enquanto muitos jogos de Dragon Ball foram criticados ao longo dos anos, Dragon Ball Fusions se mostra como algo totalmente novo e interessante. A história é legal, a presença de personagens icônicos é algo interessante e a abundância de fusões e técnicas fazem com que Dragon Ball Fusions se torne uma experiência genuinamente única e divertida. Altamente recomendado!



Comentários