Comentários

Em rápido contato com a reportagem do The Verge, a Warner Bros. explicou por que “Aves de Rapina” sofreu uma mudança de título após a estreia. De acordo com o estúdio, a nova versão (Harley Quinn: Birds of Prey) irá facilitar a busca nas redes sociais.

Ou seja, com Arlequina destacado logo no começo do título, é esperado que o filme tenha um melhor desempenho comercial no próximo fim de semana, principalmente após registrar uma abertura ficou muito abaixo do esperado nos EUA.

Para efeito de comparação, a versão anterior era Birds of Prey: and the Fantabulous Emancipation of One Harley Quinn (Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa), algo que acabou não ficando muito chamativo na campanha promocional.

Vale lembrar que a Warner já tinha tomado uma decisão parecida com “No Limite do Amanhã“, estrelado por Tom Cruise. Quando chegou aos cinemas norte-americanos, o filme era chamado Live Die Repeat, mas após a abertura abaixo do esperado, passou para Edge of Tomorrow.

“Você já ouviu aquela piada sobre a policial, a cantora, a psicopata e a princesa da máfia? ‘Aves de Rapina: Arlequina e Sua Emancipação Fantabulosa’ é um conto deturpado, narrado por Harley, de um jeito que apenas ela poderia contar. Quando o mais terrível e narcisista vilão de Gotham, Roman Sionis, e seu braço direito, Victor Zsasz, começam a caçar uma jovem chamada Cass, a cidade vira de cabeça para baixo em busca da garota. Os caminhos de Arlequina, Caçadora, Canário Negro e Renee Montoya se encontram e o improvável quarteto não tem escolha a não ser se unir para derrotar Roman.”

‘Aves de Rapina: Arlequina e sua Emancipação Fantabulosa’ está em cartaz nos cinemas brasileiros, e o elenco conta com Margot Robbie como Arlequina, Mary Elizabeth Winstead como Caçadora, Jurnee Smollet-Bell como Canário Negro, Ella Jay Basco como Cassandra Cain, e Rosie Perez como Renee Montoya.

O grande vilão da trama será o Máscara Negra (Ewan McGregor), mas também teremos a participação de Victor Zsasz (Chris Messina).

Cathy Yan, conhecida pelo premiado “Dead Pigs”, cuida da direção.



Comentários