Comentários

Um tanque em azeroth é aquele que protege seus companheiros do perigo nas lutas, aquele que se sacrifica pelo grupo e garante a sobrevivência de todos até o fim da batalha. Existe uma escassez de tanques como um todo no jogo por meio da responsabilidade que o tanque carrega nas costas, sendo ele quem dita o ritmo com o qual o grupo progride na masmorra ou na raide e também garantindo sua própria sobrevivência ele garante a sobrevivência do grupo.

O excelente tank deve ter o seguinte perfil:

  • segurar o aggro(abreviação de aggression, que na época do D&D online era o termo usado para dizer quem o boss ou qualquer outro oponente controlado pelo computador está atacando) em todos os inimigos.
  • possui reflexos rápidos para pegar novos adicionais antes que estes ataquem seus companheiros.
  • possui reflexos rápidos para provocar de volta o chefe ou adicionais assim que perder o aggro.
  • está intimamente familiarizado com a mecânica de cada luta, e consequentemente sabe quando e para onde se mover, e quando e como usar suas recargas defensivas.
  • entende todos os requisitos de posicionamento do seu grupo.
  • tem as qualidades de líder e não exita em tomar a liderança do grupo para si.

Add-ons e interface

Enquanto interface de usuário padrão da Blizzard é totalmente funcional, e permitirá que você para realizar com êxito qualquer encontro, está longe de ser ideal. Existem vários add-ons e as características que tornam a vida mais fácil para você e para o resto do seu ataque.

  • Marcador de ameaça

Omen Threat Meter é, de longe, o melhor add-on de ameaça que há. Ela vai mostrar quanto de ameaça que você tem, bem como quanto de ameaça outras pessoas tem.

  • Placas de identificação

Existem vários add-ons de placa de identificação úteis , o mais popular de que é provavelmente Tidy Plates.

Placas conhecidas são essencialmente barras que aparecem sobre vários inimigos (e unidades amigas, se você assim o desejar) em sua proximidade. Eles não só permitem que você selecione os inimigos com facilidade (clicando nas placas de nome), mas eles também podem fornecer outras informações úteis.

Tidy Plates permite, num piscar de olhos, ver quais os alvos que você tem aggro, e quais não tem, bem como quais os alvos que são susceptíveis de perder aggro.

Isto é conseguido através do fornecimento diferentes cores e/ou tamanhos de placas de nome de alvos próximos. Tradicionalmente, as metas que você tem aggro são verdes e de menor tamanho, enquanto alvos que você não tem aggro são vermelhos e maiores (tornando-os mais fáceis de clicar).

Este tipo de add-ons são principalmente úteis para tancagem adicional, mas, independentemente disso, eles devem estar no arsenal de cada tanque.

  • Anúncios na raide

É essencial, como um tanque, que você se comunique com seus curadores, se não com toda a sua raide. Se o fizer, via chat de voz causará uma desordem desnecessária e deve ser evitada. Felizmente, você pode simplesmente usar um dos vários add-ons que permitem a você anunciar, depois de ter usado uma habilidade importante no chat da raide ou grupo.

Recomendo o RSA, um add-on altamente customizável. Sugiro que, no mínimo, cooldowns defensivos sejam anunciado para o grupo.

  • Teclas de atalho

Enquanto usar teclas de atalho é uma prática quase obrigatória para todas as classes e especificações, se você está procurando ser competitivo, é ainda mais para os tanques. Como um tanque, as decisões tomadas no segundo certo podem fazer a diferença entre derrota e vitória. Além disso, como um tanque, muitas vezes você tem que se mover e girar a câmera, ao mesmo tempo em que usa várias habilidades. Você simplesmente não pode fazer isso de forma eficiente se você deve usar o mouse para clicar neles.

Como resultado, recomendamos fazer amplo uso de teclas de atalho para seu tanque. Mesmo se você preferir clicar em suas barras de ação, algumas habilidades devem ser vinculadas. Estes são: as principais habilidades geradoras de ameaças, seu provocador(s), recargas de sobrevivência e sua interrupção.

  • Optimização do equipamento

Em geral, os tanques vão preferir Estatísticas de tanque (Dodge, Aparo, Vigor) e maestria sobre outras estatísticas, como a taxa de ataque crítico ou de Aceleração.

No entanto, há duas estatísticas que tanques têm que considerar cuidadosamente cada vez que otimizar sua engrenagem: Taxa de Acerto e Taxa de Aptidão. Sendo que a partir do patch 5.0.4 haverá uma tal de mitigação ativa que explicarei detalhadamente mais tarde.

  • Marcação de alvos

O jogo permite que os jogadores do grupo, assistentes ou líderes em grupos de raide, possam colocar marcações específicas, de sua escolha, acima das cabeças dos alvos amigos ou hostis.

Isso geralmente é feito com o botão direito do quadro da unidade do alvo e selecionando uma marca, mas também pode ser feito através do uso de atalhos de teclado (eles estão listados no menu de teclas de atalho do teclado, interface padrão). Há também add-ons que servem a este propósito, como por exemplo, SRTI que ao clicar duas vezes em cima de um inimigo abre um circulo em volta do mouse com todas as marcas disponíveis, facilitando e agilizando muito o trabalho.

Marcas pode ser vistas por todos de seu grupo ou raide, e servir como um meio para coordenar seus esforços. O significado das marcas é definido por consenso geral(ordem de ataque, caveira > X > quadrado, etc), ou atribuições específicas antes do encontro.

Como um tanque, você deve manter pelo menos marcas 2 acessíveis(caveira e x), e fazer uso freqüente de alvos de marcação, a fim de indicar que mobs que deseja ser morto primeiro(caveira), e quais você deseja que sejam controlado(outras marcas que nao sejam caveira ou x).

 

Aggro e ameaça

Esta seção irá cobrir tudo o que você precisa saber, como um tanque, sobre ganhar, manter e recuperar aggro. Antes, porém, precisamos de olhar para alguns conceitos.

  • Como funciona a ameaça e agressão?

Geração de ameaça e manter aggro são as características definidoras de um tanque. Entender esses conceitos é fundamental para o seu desempenho.

  • ameaça

Ameaça é um meio de medir o nível de animosidade de um inimigo para com um jogador específico. Cada inimigo tem uma tabela de ameaça, e cada pessoa que realiza ações hostis para com aquele inimigo é colocado na tabela.

Há duas ações importantes que geram ameaça: causar dano e cura. Outras ações, como lançar um buff ou debuff também geram ameaça, mas em quantidades muito pequenas, que não vale a pena discutir.

Normalmente, a ameaça é gerada na proporção de 1:1 com o dano causado ao inimigo, e uma relação de 1:2 com a cura. No entanto, a fim de facilitar tanking, tanques gerar ameaça a uma razão de 5:1 com o dano causado.

Para ser considerado um “tanque” para este fim, você deve estar no estado apropriado: Postura de Defesa para os guerreiros, Presença Sanguínea para Cavaleiros da Morte, Forma de Urso para druidas e ter Fúria Íntegra habilitado para Paladins.

Além disso, a ameaça não decai (redução) ao longo do tempo ou não, a menos que uma habilidade específica é usada, que tem esse efeito (como Mão de Salvação) ou se a mecânica do encontro afeta especificamente a ameaça.

Ameaça é zerada se o jogador morre, ou sai de combate com o inimigo. Por fim, a ameaça não pode ter um valor negativo.

Existem muitos tipos de modificadores de ameaça, especialmente à base de encontro capacidades que reduzem a produção de determinados jogadores ameaça (forçando a comutação do tanque, de modo geral). Existem também habilidades amigáveis, como Truques do Ofício e Redirecionar que oferecem uma ameaça transferência temporária.

  • aggro

Ter aggro é um estado em que os jogadores se encontram quando têm a maior quantidade de ameaça contra um inimigo em particular, razão pela qual o inimigo os ataca. Não é preciso dizer que, em princípio, este é o objetivo de cada tanque.

É importante ter em mente que haverá momentos em que você vai querer evitar ter aggro dos inimigos, até mesmo sendo um tanque. Este é o caso em lutas que requerem vários tanques, cada um com as suas atribuições próprias. É também o caso quando a mecânica de luta deixam debuff em você com algo que te faz extremamente vulneráveis ao chefe ou outros inimigos.

Vale a pena saber que você não ganha aggro de um inimigo simplesmente estando no primeiro lugar da tabela. Por exemplo, se a pessoa que tem atualmente aggro do chefe tem 1.000.000 ameaça, simplesmente atingindo 1.000.001 ameaça não fará com que o chefe ataque-o. Há limiares que devem ser atendidos: 110% da ameaça de agressão do alvo atual, se você está corpo-a-corpo com inimigo, e 130% se você estiver longe do inimigo.

Quando um desses limites for excedido, o inimigo vai mudar de alvo, e o antigo tanque terá que ultrapassar esta pessoa 110% / 130% novamente para recuperar aggro.

Embora saber como dominar geração de ameaça e como manter aggro é importante, você deve sempre saber muito bem o que você deve estar tancando.

  • Rotação de habilidades

Tanques geralmente possuem três categorias de habilidades:

  • habilidades de geração de ameaça;
  • habilidades defensivas, que ajudam a sobrevivência;
  • outras habilidades diversas: buffs, debuffs, atordoamentos/desaceleração, Provocações, habilidades de mobilidade e assim por diante;

habilidades importantes de geração de ameaça devem ser usados sempre que estão fora de recarga.

Além destes, naturalmente, qualquer habilidade que causar dano formará uma boa quantidade de ameaça (devido ao multiplicador 500% ameaça), e deve ser usada como preenchimento.

Habilidades defensivas são de dois tipos: grandes e pequenas. As principais, geralmente duas por classe, fornecem uma quantidade elevada de redução de danos ou de saúde aumentada, enquanto que as menores fornecer vários tipos de auto-cura e mitigação de danos.

Habilidades diversas servir uma infinidade de funções, e você deve misturar-los com suas outras habilidades como as demandas de encontro e como você vê o ajuste. Exemplos incluem buffs, debuffs, atordoa, interrompe e habilidades de movimento.

Como um tanque, independentemente de sua classe, você provavelmente terá de manter o tempo de atividade em algum tipo de habilidades, tais como auto-buffs como Levantar Escudo ou debuffs nos inimigos como Demoralizing Roar. Como regra geral, você deve priorizar fazê-lo acima de tudo que não seja usando suas habilidades de geração de ameaça ou habilidades defensivas.

Para ser completo, vou listar todas as habilidades de geração de ameaça , por classe, para que você saiba quais habilidades você deve priorizar. Note-se que estes não são necessariamente em ordem.

Cavaleiro da Morte 

As seguintes habilidades geram maiores quantidades de ameaça em um único alvo para os Cavaleiros da Morte:

Golpe da Morte;
Golpe Rúnico;
Golpe no Coração.
Para situações de dano em área, Morte e Decomposição, Sangue Fervente e a propagação de doenças são os principais meios de geração de ameaça.

Druida

As seguintes habilidades geram maiores quantidades de ameaça em um único alvo para os Druidas e devem ser utilizadas assim que possível:

Destroçar;
Surra.
Para situações de dano em área, Patada e Surra são os principais meios de geração de ameaça.

Paladino

As seguintes habilidades geram maiores quantidades de ameaça em um único alvo para os tanques Paladinos e deve ser usadas assim que possível:

Escudo do Íntegro;
Golpe do Cruzado;
Escudo do Vingador.
Para situações de dano em área, Martelo do Íntegro e Consagração, são os seus principais meios de geração de ameaça.

Guerreiro

As seguintes habilidades geram maiores quantidades de ameaça em um único alvo para os guerreiro e deve ser usadas assim que possível:

Escudada;
Revanche.
Para situações de dano em área, Onda de Choque e Trovoada são os seus principais meios de geração de ameaça.

Aggro inicial

Como um tanque, em geral, é sua a responsabilidade de iniciar os encontros, ou, em outras palavras, para “puxar”. Isto significa que você terá a oportunidade de atacar o chefe antes de qualquer outra pessoa. Isto deve, em teoria, oferecer-lhe a oportunidade de ganhar aggro inicial.

Enquanto você pode achar que correr para o chefe e pressionando algumas de suas habilidades (especialmente quando apoiado por Redirecionar ou Truques do Oficio) ao acaso irão atingir este objetivo, é longe do ideal.

Como um tanque competente, você deve pelo menos saber qual de suas habilidades geram grandes quantidades de ameaça. Depois de saber isso, você deve sempre ter um plano para puxar, bem como para pegar inimigos adicionais que se juntam a luta mais tarde. Embora esta seja específica de classe, e até você para aperfeiçoar, siga estas orientações:

  • Sempre comece com a habilidade que gera a maior quantidade de ameaça.
  • Esteja preparado para usar outra habilidade de alta ameaça imediatamente após a primeira(especialmente se o primeiro ataque for esquivado, aparado ou falhado).
  • Esteja preparado para usar sua habilidade de provocação no momento em que você perceber que perdeu aggro do inimigo(não antes).
  • Atrasar seus debuffs e cooldowns de sobrevivência até que você tenha estabilizado sua ameaça (obviamente, se a mecânica de luta exigem que você use a recarga de imediato, então não exite em fazê-lo).

A idéia é que, a qualquer momento, os seus ataques podem ser esquivados, aparados ou podem falhados completamente. Devido a isso, ao puxar, sua geração de ameaça pode ser muito volátil. Com o decorrer da luta esta deixa de ser um problema, mas faz do momento de puxar o momento mais crucial do encontro, levando em consideração somente a ameaça.

Portanto, você deve planejar adequadamente e ter suas habilidades mais poderosas disponíveis. Estes devem ser acoplado com recargas ofensivos que a sua classe possui, para maximizar a quantidade de dano que você faz, e consequentemente, sua ameaça.

Dependendo do ambiente em que você se encontra, você pode encontrar-se tendo que, literalmente, lutar contra jogadores DPS em alcançar o primeiro lugar na tabela de aggro do chefe.

Isto pode ser devido ao desejo (ou necessidade, mesmo) para maximizar o dano causado ao inimigo, ou pode ser devido a impaciência e falta de consideração. Em qualquer caso, você deve, como o tanque, sempre tomar a iniciativa e ser agressivo no envolvimento do encontro.

Pegando Adicionais

Além do modo normal em que você se encontrará ganhando aggro (puxando o chefe), muitas vezes você vai encontrar situações onde novos inimigos, geralmente adicionais, entram na luta enquanto ela estiver em progresso.

O mesmo se aplica ao momento de puxar: você deve ter um plano se você pretende pegar adicionais. A prioridade de habilidades vai mudar a partir do que você usou no momento de puxar, o mais provável, especialmente no caso de múltiplas adicionais, quando você vai querer usar suas habilidades de dano em área. Além disso, você vai se encontrará  usando a provocação proativamente ao invés de reativamente.

Bom conhecimento do encontro é crucial, porque é importante saber quando e onde os adicionais irão aparecer (especialmente desde que você pode querer usar as habilidades baseadas em terra como Consagração ou Morte e Decomposição).

Você também tem que prestar atenção especial para aggro curador, quando pegar adicionais. Na verdade, é bastante provável que, como curadores estão constantemente lançando feitiços, eles vão ter aggro do recém chegado adicional antes mesmo de você ter a chance de reagir. Você deve se preparar para esta situação, estar em uma boa posição e não hesite em provocar o adicional para você.

Geralmente, a prática sobre sucessivas tentativas lhe permitirá ganhar uma valiosa experiência de qual a melhor maneira de pegar os adicionais, em uma luta particular.

Usando recargas ofensivas

Todas as classes capazes de tancar tem algum tipo de recarga ofensiva, reduzindo o custo da recarga, recurso de algumas habilidades, ou simplesmente aumentando o dano feito.

É uma reação natural pensar que, como um tanque, você vai se concentrar em usar cooldowns defensivos. No entanto, a fim de ser verdadeiramente bem sucedidos na gestão de ameaça, especialmente nos momentos cruciais do encontro (tais como ao puxar), é importante o uso de suas recargas ofensivas.

Como regra geral, você deve sempre puxar com tais recargas disponíveis, e se preparar para usar outro após o primeiro expirar.

mantendo 1Aggro

Além da sua geração de ameaça aumentada, os tanques também têm uma habilidade passiva, chamada Vingança. Essencialmente, com base no dano tomado, Vengeance vai aumentar o seu poder de ataque em até 10% de sua saúde atual.

Isso significa que, durante um longo período de tempo, você deve facilmente passar na frente de jogadores (DPS e curandeiros) em termos de geração de ameaça.

Existem, naturalmente, vários casos em que isto pode ser um tanto mais difícil de conseguir. Para citar alguns: sendo severamente mais fraco em relação ao equipamento comparado a jogadores DPS, ter que trocar de alvo, a fim de pegar um diferente ou se deparar com encontros que concedem aumento do dano feito para jogadores de DPS, mas não para os tanques.

Em qualquer caso, a melhor maneira absoluta para garantir que você nunca perderá aggro durante um longo período de tempo é saber a prioridade de suas habilidades. É essencial compreender quais habilidades devem ser usados em tempo de recarga em todos os momentos, e quais outras habilidades geradoras de ameaças preenchem as lacunas. Bom conhecimento de suas habilidades, na maioria dos casos, garante que você não perca aggro.

No que diz respeito aos níveis de acerto e aptidão, e como elas influenciam a geração de ameaça, você deve manter a seguinte idéia em mente. É sempre melhor obter estatísticas de sobrevivência, em vez de taxa de acerto ou aptidão, porque na maioria dos casos, se executada a prioridade corretamente, você será capaz de manter aggro mesmo com o mínimo de estatísticas ofensivas.

No entanto, se por algum motivo (mesmo a sua própria inexperiência com o seu personagem tanque), você é incapaz de manter aggro, é melhor ter algumas estatísticas mais ofensivas. Isto deve ser considerado uma exceção, e realmente deve ser feito somente quando o encontro tem um tempo de enrage que seu ataque não pode atender porque os jogadores DPS tem que segurar.

“Tab Targeting”

“Tab Targeting” é uma técnica que envolve o uso da tecla TAB (a tecla padrão para troca de alvo automática) para alternar rapidamente entre múltiplos alvos. É muito útil quando você está tancando vários alvos (adicionais, por exemplo) e todas as suas habilidades de área habituais estão em recarga ou são insuficientes.

Essencialmente, você quer percorrer todas os alvos usando a tecla TAB (você pode fazer isso manualmente com o ponteiro do mouse, embora seja bem menos eficiente) e aplicar habilidades de geração de ameaça em cada adicional individualmente. Para melhores resultados, verifique Omen para ver se existem quaisquer alvos em que você tem uma  grande vantagem de ameaça, e não se preocupam ataca-los.

Recuperar aggro (Provocações e troca de tanques)

Há duas situações em que você terá de recuperar o aggro de um inimigo: quando você perdeu aggro, sem querer, para um jogador DPS ou outro tanque, e quando você está envolvido em uma rotação de troca de tanque. Enquanto provocar um inimigo que você perdeu aggro é bastante simples, algumas notas em relação à comutação tanque. Primeiro, no entanto, você deve entender exatamente como usar melhor o sua provocação.

Como Provocar

Enquanto usar a provocação pode parecer bastante simples, e muitas vezes é, há alguns pontos sutis que você precisa entender.

Primeiro de tudo, você precisa entender como provocação funciona e como ela afeta a sua ameaça.

Cada uma das quatro classes de tanques(futuramente cinco) tem uma provocação principal, em um tempo de recarga 8 segundo, assim como uma provocação secundária. Vamos apenas focar as especificidades da provocação principal, para esclarecer algumas coisas.

Provocar um inimigo tem dois efeitos:

  • Obriga o inimigo a atacar o jogador que o provocou, por 3 segundos.
  • Confere ao jogador que o provocou uma quantidade de ameaça igual ao do jogador que tinha aggro, no momento da provocação.

Quanto ao primeiro ponto, os inimigos são basicamente forçados a atacar o jogador por 3 segundos. Este efeito está sujeito a diminuição do rendimento, assim provocações posteriores, dentro de uma janela de 15 segundos, irão reduzir a quantidade de tempo, até que o período eventualmente não terá efeito. Note que todas as provocações compartilhar as diminuições do rendimento, de modo que a provocação de um guerreiro fará com que as provocações do paladino tanque secundário tenham efeitos reduzidos, por exemplo.

Em relação ao segundo ponto, provocação só afeta o seu nível de ameaça quando você não está no topo da tabela de ameaça. Se estiver, então provocação só forçar o inimigo a ataca-lo por 3 segundos.

A recarga da Provocação é relativamente baixa, e é uma parte fundamental do conjunto de ferramentas de qualquer tanque, por isso não tenha medo de usá-la. Um tanque de bem é o que faz uso livre e eficiente de provocação.

Em segundo lugar, você tem que entender o seguinte: se você está prestes a provocar um inimigo sobre o qual você não tem aggro, então não se preocupe em usar todas as habilidades de ameaças antes da provocação, como qualquer ameaça extra que você ganha antes de insultos é essencialmente inútil (uma vez que a provocação coloca você em cima da tabela de ameaça de qualquer maneira). Em vez disso, guarde suas habilidades mais poderosas para os momentos imediatamente depois de ter provocado. Isso irá garantir que, além de ser empurrado para o topo da tabela de ameaça, você vai ganhar uma vantagem considerável sobre todos os outros.

Da mesma forma, não há sentido em provocar um inimigo que você não tem aggro, se você não pode alcançá-lo para aumentar a sua ameaça. Portanto, você deve sempre tentar posicionar-se perto daqueles que você perdeu aggro, e provoca-los apenas quando estiver preparado para atacar – caso contrário, muito provavelmente ele voltará a atacar o alvo  anterior, após o efeito de  3 segundo da provocação. Você pode usar habilidades de longo alcance para ajudá-lo nessas situações, mas como habilidades de longo alcance dos tanques são bastante fracas(e com recargas longas), isso não é confiável.

Finalmente, por causa da diminuição dos rendimento da provocação, e porque, quando você já tem aggro, proporciona nenhum benefício que seja, ele não deve ser usado como parte de sua “rotação”. Em vez disso, a provocação deve ser guardada para quando é realmente necessária.

Troca de tanques

Há um grande número de encontros no jogo que requerem dois (ou mais) tanques para provocar o chefe de um ao outro em intervalos determinados de tempo, normalmente devido a alguns debuffs aplicados aos tanques.

Embora a prática em si não é muito complicada, eu gostaria de fazer três menções:

  • Entender exatamente por que você está provocando o chefe, e por por que está sendo provocado de volta para o outro tanque, e qual o tempo correto. O DBM, normalmente, alertá-lo quanto ao tempo certo, mas você deve se certificar de que você pode monitorar debuffs de tanques companheiros.
  • Guardar uma capacidade de geração de ameaça poderosa (ou mais de uma), imediatamente após o sua provocação, para garantir que você não perca aggro imediatamente após a troca.
  • Quando o outro tanque provocar o chefe para ele, pare de usar poderosas habilidades de geração de ameaça por um tempo razoável , a fim de ajudar o outro tanque a estabilizar seu aggro. Dependendo de várias circunstâncias, você pode até precisar parar o auto-ataque.

Além disso, é muito importante observar a posição correta e em frente do chefe, antes de provoca-lo. Isto é especialmente verdadeiro no caso das chefes dragões, que têm ambos a cauda e os ataques respiratórios. A melhor coisa a fazer é se posicionar exatamente no mesmo lugar que o tanque que tem atualmente aggro, antes de provocação, de modo que o chefe não se mova.

Por último, é importante que você se posicionar atrás do chefe quando você não está a tanca-lo. Isso garante que nenhum de seus ataques serão aparados, e também que você não recebe dano de respiração ou ataques do tipo cutilada que o chefe possa executar. Tenha em mente, no entanto, que alguns encontros exigem especificamente que os dois tanques estejam na frente do chefe.

sobrevivência

Instintivamente, o tanque se sente como se sua sobrevivência, está tuda nas mãos de seus curadores, mas isso não poderia estar mais longe da verdade. Sim, com curandeiros incompetentes, você vai morrer, e há pouco que você possa fazer a respeito. No entanto, mesmo curandeiros excelentes vão falhar em mantê-lo vivo se você não fazer uso adequado das ferramentas à sua disposição.

Esta secção será bastante breve, mas há algumas importantes menções que devem ser feitas.

Recargas

Cada classe capaz de tancar tem pelo menos algumas recargas de defensiva/sobrevivência (Cavaleiros da Morte tendo muito mais que outros). Você precisa estar familiarizado com o que são, como funcionam e, muito importante, você deve tê-los acessíveis nas teclas de atalho. Além disso, você deve ter em mente que você tem outras ferramentas de sobrevivência à sua disposição fora das recargas principais – berloques usáveis com efeitos relativos a sobrevivência ou recargas menores.

Para ser completo, vamos listar todos as recargas de sobrevivência maiores e menores, por classe, abaixo. Não vamos, porém, debruçar sobre eles ou entrar em detalhes para explicar seus mecanismos- esta é para você! Antes disso, no entanto, nós fornecemos-lhe com as orientações gerais de como usar suas recargas defensivas.

Orientações gerais

  • Prevenir é melhor que remediar. A menos que haja um evento específico no encontro que você precisa para salvar recargas, use-os livremente, tantas vezes quanto possível, durante a luta.
  • recargas de redução de danos deve sempre ser usada de forma proativa. Não se preocupe em usá-las quando você perceber que você está na saúde 5% – já é tarde demais. Use-as quando você antecipa um período de alto dano, ou quando seus curadores vão ser incapazes de curá-lo.
  • Recargas de aumento da saúde máxima pode ser usado tanto de forma proativa quanto reativa, embora se dada a escolha, você deve tentar salvá-los para momentos em que sua saúde abaixa de repente.
  • Sempre que possível, não acumule recargas- como regra geral, se você precisar usar todas as suas recargas de uma só vez para sobreviver a uma mecânica de luta, as chances são que você não têm a intenção de sobreviver a ela, em primeiro lugar.

Ter um bom entendimento da mecânica do encontro e da estratégia de sua raide vai ajudar tremendamente em permitir-lhe usar suas recargas no tempo certo. A prática leva a perfeição.

Além disso, uma boa comunicação com seus curadores é inestimável. Tudo pode parecer estar bem, mas um curador que por acaso se desconectou, ou sendo alvo de uma habilidade do chefe que os obriga a se mover são eventos importantes que justificam o uso de uma recarga(principalmente redução de danos).

Recargas de Cavaleiros da Morte
Cavaleiros da Morte têm as seguintes recargas de sobrevivência principais:

Fortitude Congélida: redução de danos.
Sangue vampírico: aumento da saúde / cura recebida.
Cavaleiros da Morte têm as seguintes recargas de sobrevivência menores:

Golpe da Morte: a auto-cura e absorção de danos.
Transfusão Rúnica: auto-cura.
Pacto da Morte: auto-cura, sacrificando o seu Carniçal(a partir do Reviver Morto ou Exercito dos Mortos).
Espiral de Morte, quando juntamente com Forma Decadente: auto-cura.
Transfusão de Sangue: fornece uma runa da morte, permitindo outro uso de Transfusão Rúnica ou Golpe da Morte.
Escudo Ósseo: fornece redução de danos para os seguintes 6 ataques, bem como dano aumentado (2%), enquanto o escudo está ativo.
Arma Rúnica Dançante: chance de aparo.
Exercito dos Mortos: redução de danos.
Carapaça Antimagia: absorção de dano mágico.
Energizar Arma Rúnica: concede runas e poder rúnico, permitindo que você use outras recargas de sobrevivência (como Golpe da Morte).

Recargas de Druidas
Druidas têm as seguintes recargas de sobrevivência:

Instintos de sobrevivência: redução de danos.
Regeneração frenética: aumento da saúde e cura recebida.
Pele de Árvore: redução de danos.

Recargas de Paladinos

Paladinos têm as seguintes recargas de sobrevivência principais:

Proteção Divina: redução de dano físico e mágico ou redução de dano maior magia.
Defensor Ardente: assassinato golpe de prevenção e auto-cura.
Guardião dos Reis Antigos: redução de danos.
Paladinos têm as seguintes recargas de sobrevivência menores:

Palavra de Glória: auto-cura.
Impor as Mãos: enorme auto-curar (usado apenas uma ou duas vezes por luta).
Escudo Sagrado: quantidade extra de dano bloqueado.

Recargas de guerreiros

Os guerreiros têm as seguintes recargas de sobrevivência principais:

Muralha de Escudos: redução de danos.
Ultimo Recurso: aumento da saúde.
Os guerreiros têm as seguintes recargas de sobrevivência menores:

Regeneração Enfurecida: auto-cura.
Ímpeto da vitória: auto-cura.
Levantar Escudo: chance maior bloqueio.
Reflexão de feitiço: reflete alguns feitiços nocivos.

Posicionamento e Movimento

Além de não pisar em quaisquer efeitos prejudiciais terrestres, que é algo que todo jogador deve estar ciente, há outro conselho absolutamente importante e fundamental para todo tanque: nunca em hipótese alguma dê as costas para um inimigo que está atacando você.

Há uma razão simples para isso: quando o suas costas estão viradas para um inimigo que está te atacando, você não será capaz de se esquivar, aparar ou bloquear qualquer de seus ataques. Esta traduz-se, essencialmente, uma explosão de dano em você, como um monte de ataques geralmente são esquivados, aparados ou bloqueados. Isto não irá só aumentar a quantidade de cura que é necessário para mantê-lo vivo, mas pode tornar impossível mantê-lo vivo por completo (como se você estiver tancando múltiplos adicionais).

O que isso significa, porém, em termos de movimento? E se você tem que mover o chefe de um lugar para outro, e você tem que fazê-lo rapidamente? Bem, com certeza, você não tem que recuar lentamente seu caminho até lá. O que você deve fazer é andar para os lados. Se o seu lado está voltado para o inimigo atacando, você continua a esquivar, aparar e bloquear ataques, alem do mais, você manter a sua velocidade de movimento normal.

Isso é um pouco difícil de dominar de imediato, mas você sempre pode encontrar um inimigo de baixo nível (para que ele não te mate), aggre-o e fuja dele. Isto permitirá que você pratique o ângulo exato que precisa. Basta verificar para ver se você está registrando quaisquer esquiva ou Parries, pois esta será uma indicação de que você está virado para o caminho correto.

Finalmente, você deve sempre se certificar de que você não deixe o campo de visão de visão de seus curadores, pois esta é uma maneira de se matar. Embora seja um problema menor em raides(como a maioria das salas não têm obstáculos), pode acontecer facilmente em masmorras.

Maximizar o seu DPS e de sua RAID

Segurando aggro e não morrer são aspectos essenciais do ser um grande tanque, mas para passar para o próximo nível, você tem que entender como cada uma de suas ações impacta o resto da sua raide.

Há muitos encontros que exigem que você, como o tanque, posicione ou mova o chefe. Fazer isso é, geralmente, um requisito para concluir o encontro com sucesso, mas simplesmente saber quando e onde o chefe precisa ser movido não é tudo que existe para vencer.

A fim de não perturbar o DPS da raide, você deve entender que os jogadores de melee DPS deve estar dentro do alcance corpo a corpo do chefe para realizar seus ataques. Isso significa que, sempre que você mover o chefe, você deve se certificar de que você movê-lo tão pouco quanto possível, alem de ainda alcançar o seu objetivo. Quanto menos você mover o chefe, menos os jogadores melee DPS terão que se mover para segui-lo, e mais DPS eles serão capazes de fazer.

Além disso, você precisa entender que os jogadores de melee DPS precisa atacar o chefe por trás, para que seus danos não sejam aparados pelo chefe. Isto tem duas implicações:

  • Manter o chefe virado para o mesmo lado, sempre que possível, de modo que os jogadores não achem que eles têm de se reposicionar.
  • Certifique-se de que não há fogo ou zonas vazias outros atrás do chefe, fazendo com que seja impossível para DPS melee para se manterem ali.

Na verdade, enquanto um tanque bom sabe quando mover o chefe de um lugar para outro, um tanque excelente move-o da maneira que é mais eficiente para os seus jogadores de DPS.

Finalmente, tenha em mente que, mesmo depois que você está gerando ameaça suficiente para manter aggro e estão sobrevivendo ao encontro, você ainda pode melhorar o seu próprio desempenho. Qualquer DPS extra que você faz como tanque será adicionado ao DPS da raide e vai, mesmo que em apenas uma pequena parte, ajudá-lo a matar o chefe mais rápido.

Liderança e Atitude

Como o tanque, se você desejá-lo ou não, você está em uma posição única de controle sobre o seu grupo. Curandores e jogadores DPS podem ser os líderes atribuídos, ou eles podem querer tomar cargo da raide, mas no final das contas, eles são incapazes de fazer qualquer coisa sem você.

Este estado de coisas faz com que, muitas vezes, seja preferível que um tanque simplesmente seja o líder, simplificando as coisas. Além disso, tancar atrai líderes, então isso se torna uma qualidade esperada de todos os tanques de conduzir os seus grupos.

Exatamente que qualidades deve ter um tanque, em termos de liderança? Ele deve ser confiante, não deve ser tímido para falar, eles devem saber muito bem o que eles querem que seu grupo faça(que, aliás, também deve ser a coisa certa a fazer, daí porque conhecimento sobre os mecanismos de encontro é importante) e eles devem ter o vigor de fazê-lo.

Tanques têm uma responsabilidade muito grande, como um erro de tancagem vai levar a uma derrota muito mais vezes do que um erro de um DPS ou healer. Por esta razão, os tanques são mais susceptíveis de receber críticas. Mas, porque, como disse, tancar tem tudo a ver com confiança. Se, de fato, cometer um erro, então, aprenda com ele e peça desculpas, mas não deixe esse erro impeça seu desenvolvimento.

Conclusões

Isso conclui o guia de tanque. Se você nos seguiu desde o começo, você já sabe exatamente o que é ser um grande tanque, e o que você precisa fazer para conseguir isso.

Você tem que entender, entretanto, que tancar, mais do que qualquer outro papel no jogo, é tudo sobre a prática. Somente quando você tiver feito algo muitas vezes você vai ser tão confiante como fazê-lo sem esforço e rapidamente. Então, se você está se perguntando como você pode começar, lembre-se que você não pode praticar tancar em um boneco de treinamento, siga estes passos:

  • Configure sua interface de usuário, add-ons e teclas de atalho, e faça algumas missões de alto nível para se familiarizar com as novas configurações.
  • Olhe-se as táticas para os chefes(e lixos, se possível) de uma masmorra específica heroica, e simplesmente vá e fazê-la! (de preferência com amigos, embora o anonimato concedido pelo Localizador de Masmorras pode servi-lo melhor).
  • Seja educado e atencioso com seus colegas de grupo, mas não deixe-os desmotiva-lo, independentemente do que eles possam dizer.

Se isso parecer assustador, não tenha medo, e lembre-se que a melhor qualidade de um grande tanque é de confiança! (e também lembre-se que todos nós ja tivemos o aggro perdido, acidentalmente puxou com equipamentos de DPS ou caiu da plataformas).

 

Guia original encontrado em Icy Veins.



Comentários