Comentários

Joss Whedon já tem seu nome eternizado dentro da Marvel Studios, como o homem que dirigiu Os Vingadores em 2012, e sua sequência, Vingadores: Era de Ultron em 2015. Mas no terceiro filme da equipe, Vingadores: Guerra Infinita, a direção ficou por conta dos irmãos Joe e Anthony Russo, dois cineastas também já bem conhecidos dos fãs, por terem dirigido Capitão América: O Soldado Invernal e Capitão América: Guerra Civil.

Recentemente, o Hollywood Reporter conversou com Whedon, e perguntou seus sentimentos a respeito de Guerra Infinita, afinal é o primeiro filme dos Vingadores a não contar com sua participação.

“Estou menos cansado, e empolgado porque não sei o que acontece. E, você sabe, com um pouco de ciúmes.”

Whedon diz então não ter inveja do trabalho, por considerar tudo muito cansativo. Mas que no fundo sente falta dos personagens.

“Bem, tem os Guardiões lá, cada ser humano vivo que não esteve em um filme do Harry Potter está neste filme. Eu não os invejo. Existe uma razão pela qual eu disse ‘faço dois e dou o fora’, mas eu gostaria de brincar um pouco com todos esses personagens.”

Com os Vingadores e seus aliados protegendo o mundo de grandes ameaças, um novo perigo surgiu das sombras do universo: Thanos. Um déspota intergalático infame, que tem como objetivo coletar todas as Joias do Infinito, artefatos com poderes inimagináveis, e usa-las para trazer seu reinado em toda a realidade. Tudo o que os Vingadores enfrentaram os trouxeram para esse momento. O destino da Terra e a existência em si nunca estiveram tão incertos.

Vingadores: Guerra Infinita já está em cartaz nos cinemas, com direção de Joe e Anthony Russo. No elenco, temos Chris Evans como Capitão AméricaRobert Downey Jr. como Homem de FerroJosh Brolin como ThanosChris Hemsworth como ThorMark Ruffalo como HulkScarlett Johansson comoViúva NegraPaul Bettany como VisãoBenedict Cumberbatch como Doutor Estranho, Chris Pratt comoSenhor das Estrelas, Zoe Saldana como Gamora, entre outros.



Comentários