Mad Max: Estrada da Fúria – Crítica

A Insana e brutal odisseia apocalíptica de George Miller prova que mesmo após anos ainda é possível renovar um gênero degastad